UnirG participa de audiência pública sobre Ciência e Tecnologia no Tocantins

Representantes de todas as Instituições de Ensino Superior do Tocantins participaram na última semana de uma audiência pública na Assembleia Legislativa, em Palmas, para tratar de temas relacionados ao sistema de Ciência e Tecnologia no Estado.

Participaram da audiência pública a SEDEN, UnirG, UFT, IFTO, Unitins, Sebrae, Eembrapa, além de empresários. A UnirG foi representada pelo Pró-reitor de Pesquisa e Pós-graduação, Dr. Marcos Gontijo e pela professora Drª Marise Suzuki. A audiência foi presidida pelo deputado Alan Barbiero.

“O sistema de Ciência e Tecnologia vive um momento delicado. Nós temos uma Constituição Estadual moderna que prevê que 0,5% da arrecadação seja aplicado em Ciência, Tecnologia e Inovação, ou seja R$ 16 milhões de reais, mas atualmente isso não está acontecendo. A captação de recursos também está deficitária diante do desmantelamento da Fundação de Amparo a Pesquisa do Tocantins – FAPT, entre outros fatores que prejudicam o desenvolvimento das pesquisas no Tocantins”, explica o Pró-reitor de Pesquisa e Pós-graduação, Dr. Marcos Gontijo.
1Marcos Gontijo

As Instituições reuniram-se na tentativa de organizar um novo sistema mais eficaz. Na ocasião, a UnirG apresentou diversas propostas com objetivo de contribuir com a dinamização do desenvolvimento científico e tecnológico do Estado e da região sul. Algumas das propostas levadas pela UnirG foram aprovadas:

  •  Necessidade imediata do esforço corporativo do Estado para conclusão de projetos financiados pela Finep, que têm envolvimento de instituições, como a UnirG, e que dependem de depósitos de contrapartida do Estado para liberação do recurso que deveria ter sido liberado a 5 anos;
  •  Que o orçamento para CT&I do estado seja garantido conforme a legislação e suas provisões orçamentárias efetivamente executadas para CT&I;
  •  Reestruturação da FAPT com cronograma de ações de fomento a pesquisa, de forma periódica;
  •  Alteração das regras que institui o conselho estadual de CT&I, garantindo a representatividade paritária por segmentos ligados a CT&I, contemplando assento das universidades e representações de regiões distintas do Estado não somente de Palmas-TO, por titular e suplente;
  •  As decisões do CT&I ocorram a partir do Conselho Estadual de CT&I, representativo do interesse coletivo;
  •  Os cargos de gestores e colaboradores diretos da FAPT, tais quais diretorias de CT&I ou similiar, sejam por competência técnica às funções e não por indicação política de governo;
  •  Editais públicos de chamas para programa, projetos e/ou ações CT&I sejam construídos por meio de consulta pública, respeitando os ecossistemas locais e sua publicação preceda necessariamente da apreciação em conselho do CT&I do Estado;
  •  O conselho institucional das Instituições de Ensino Superior existentes no sul do Tocantins sejam fortalecidos, sendo um ambiente consultivo e deliberativo devido as habilidades e competências técnicas conferidas para debater junto aos seus pares e sociedade local sobre problemas e soluções para CT&I em escalas locais/regionais;
  •  Os sistemas locais de inovação e/ou incubadoras de produtos e serviços deverão ser fortalecidos;
  •  Investir em CT&I visando a melhoria dos índices de proficiência em Matemática, Português e Ciências.

As propostas aprovadas serão levadas ao governador pelo deputado Alan Barbiero como propostas de implantação imediata.

Divulgados os resultados finais da seleção de bolsistas para Boquinha do Bebê e MROSC

Foi divulgado hoje, 25, o resultado final do processo seletivo para acadêmico bolsista do Programa/Projeto PROEXT/MEC, Boquinha do Bebê e MROSC.

Os aprovados devem comparecer entre os dias 26 e 30, na Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (Propesq). O horário de atendimento é das 08 às 12h e das 14 às 18h, munidos de cópia dos documentos relacionados nos editais.

A Propesq está localizada no Centro Administrativo da Fundação UnirG, avenida Pará, nº 2432 – Bairro Engenheiro Waldir Lins II, Gurupi/TO.

Outras informações podem ser vistas nos editais abaixo

 

 

 

Seleção de bolsistas: publicado edital de convocação para entrevista

Foi divulgado hoje, 18, o resultado da segunda etapa do processo seletivo para acadêmico bolsista do Programa/Projeto PROEXT/MEC, Boquinha do Bebê e MROSC. Os aprovados também foram convocados para a entrevista que será realizada amanhã, 19, às 9h30.

Os convocados deverão comparecer aos locais especificados nos editais de convocação. O resultado final da seleção deverá ser publicado na próxima quinta-feira, 25.

Acesse os editais

Boquinha do Bebê 

MROSC

Convite

Oficina: Realização de estudos preparatórios para o Seminário Internacional de DSS – perspectiva do Estado do Tocantins.

 

Prezados pesquisadores,

Inicialmente nossos cordiais cumprimentos.

 

No mês de Agosto de 2018, ocorrerá o Seminário Internacional de Determinantes Sociais em Saúde (DSS), onde serão discutidos os DSS da Região norte do Brasil, e construído os novos indicadores específicos para a região. Neste evento o estado do Tocantins será representado por 05 (cinco) delegados membros do Núcleo de Articulação da Vigilância do Estado, que apresentarão os principais problemas determinantes sociais de saúde estaduais.

O Núcleo de Articulação da Vigilância do Estado está trabalhando em parceria com a FIOCRUZ e a OPAS-OMS-Brasil na construção dos novos indicadores.

A UnirG foi convidada para compor o grupo de trabalho, auxiliando na preparação dos delegados que irão representar o Tocantins. A função da UnirG neste projeto será repassar aos delegados conhecimentos construídos ao longo do tempo sobre as características e problemas sociais e de saúde da região sul do Estado para a partir destas informações propor a criação de indicadores que respondam a necessidade real da região.

Assim convidamos vossa senhoria para esta rica discussão, visto que sua vivência, experiência, conhecimento científico e prático poderão contribuir para a construção deste documento.

Durante a discussão os pesquisadores da UnirG trarão suas experiências de pesquisa voltadas para um dos 06 (seis) tópicos que serão abordados no Seminário Internacional:

  1. Territorialidade  e “Regionalidades” na Região Norte: territórios líquidos, políticas públicas e desigualdades;
  2. Fronteiras: geográficas, étnicas, agrícola, do crescimento urbano, institucionais/governamentais e grandes projetos;
  3. Produção do conhecimento sobre DSS na Região Norte: Limites e potencialidades (CEPIDSS/ENSP/FIOCRUZ);
  4. Diversidade cultural e formas de vida na Amazônia no contexto do Sistema Único de Saúde: heterogeneidade sociocultural na universalidade do atendimento do SUS;
  5. Os DSS críticos na Região Norte: terra, território, violências, nutrição e segurança alimentar;
  6. As dinâmicas econômicas da Região Norte.

  

 

Data: 12 de maio de 2017

Local: Auditório do Centro Administrativo UnirG

Inscrições: Via IOW a​​té ​12 de maio de 2017

​Link para inscrição:

https://iow.unirg.edu.br/eventos/evento.php?e=469 ​

Público Alvo: Professores Pesquisadores

Certificação: 03 horas

Organização: PROPESQ

​​